Santuário de Schoenstatt em Olinda celebra seus 25 anos

 

Recife - Pernambuco (Terça-feira, 10-10-2017, Gaudium Press) O Santuário da Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt, no bairro de Ouro Preto, em Olinda, acolheu neste último domingo, 8 de outubro, a cerimônia presidida pelo Arcebispo Dom Fernando Saburido.

Santuário de Schoenstatt em Olinda celebra seus 25 anos.jpg

A celebração festejou os 25 anos de inauguração do templo, o qual o prelado participou enquanto pároco da Paróquia de São Lucas, situada na região em que a igreja de Schoenstatt foi erguida.

"Sou da geração fundadora do Santuário; participei da escolha do local e de todas as festas da comunidade para erguê-lo; e estou muito feliz por ver que, 25 anos depois, os frutos estão aqui", comentou Dom Fernando.

Logo no início, o arcebispo agradeceu o acolhimento fraterno do Padre Pedro Cabello, reitor do santuário, saudando em seu nome a Comunidade de Schoenstatt. Em seguida, cumprimentou Frei Paulo, atual pároco da Paróquia de São Lucas.

Dom Fernando também fez uma reverência especial a Dona Margarida, irmã do falecido Padre Miguel Lencastre, considerado pioneiro dos sacerdotes de Schoenstatt em terras nordestinas.

Dona Margarida foi uma das pessoas que colaboraram na construção do santuário. Atualmente com 94 anos, a religiosa estava participando da celebração do último domingo juntamente com familiares e amigos.

Prosseguindo com a cerimônia, o arcebispo ressaltou que Nossa Senhora se alegra em contribuir para que Jesus seja o centro da história e nos orienta a sermos obedientes à sua Palavra. "Ao chamar os empregados nas Bodas de Caná e dizer-lhes ‘Fazei tudo o que Ele disser', Maria deixa um sinal evidente de que nós devemos dar nossa parcela de contribuição, participando da vida da Igreja e dos seus milagres", disse. "Jesus poderia ter feito o milagre sozinho, mas mandou os empregados buscarem as jarras e encherem-nas de água, fazendo-os seus colaboradores", completou.

A devoção à Mãe Rainha, conforme Dom Saburido, "é um convite a viver, apressadamente, essa disponibilidade para os irmãos necessitados".

"Louvemos a Deus, nesta celebração, pelo exemplo da Mãe Rainha e por todo bem que esse santuário vem fazendo à comunidade ao longo desses 25 anos", concluiu o prelado.

O encerramento da festa do Jubileu de Prata do Santuário de Schoenstatt em Olinda aconteceu à tarde, com procissão e celebração eucarística. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Olinda e Recife