São Paulo recebe a 28ª Exposição Franciscana de Presépios

 

São Paulo (Sexta-feira, 17-11-2017, Gaudium Press) O Convento Santuário São Francisco, situado no Largo São Francisco, região central de São Paulo, receberá entre os dias 3 de dezembro de 2017 a 7 de janeiro de 2018 a 28ª edição da Exposição Franciscana de Presépios. A mostra será inspirada na temática "370 Anos da Casa de Francisco: a Casa do Presépio!".

 São Paulo recebe a 28ª Exposição Franciscana de Presépios.png
Presépio exposto em 2016, também com a tradição de recebê-los de diversos países
Foto: Pascom - Santuário São Francisco

O tema, aliás, faz alusão aos 370 anos de fundação do convento, considerado uma referência de acolhida aos mais necessitados de fé na capital paulista.

A exposição teve início há mais de três décadas e faz parte do calendário das festividades natalinas da cidade de São Paulo.

A abertura da mostra será feita em 3 de dezembro próximo, com a Santa Missa das 10h30. O acervo ficará disponível ao público até 7 de janeiro do ano seguinte, no Salão São Dâmaso, no Claustro do Convento.

No total, são 30 conjuntos, originários de diversos países, e feitos dos mais diferentes materiais, de argila à sucata.

Entre os destaques está uma reprodução vinda de Assis, na Itália. A obra, com 43 peças, é feita em argila e resina, e retrata, além da cena do nascimento de Jesus, a Assis da época em que Francisco viveu. Segundo o Frei Alvaci Mendes da Luz, pároco e reitor do Santuário, esta é "uma verdadeira obra de arte".

São Francisco de Assis, o primeiro a montar um presépio

A exposição deste ano possui um destaque especial justamente por acontecer em uma igreja franciscana, o que vale ressaltar que São Francisco de Assis foi o primeiro a montar um presépio tal qual conhecemos hoje.

A ideia do presépio surgiu enquanto o Santo fazia uma leitura de um trecho bíblico que narrava o nascimento de Cristo.

Em 1223, na cidade italiana de Greccio, Francisco celebrou o Natal e encenou a vinda de Jesus ao mundo. Os biógrafos citam a cena da noite preparada com tochas, em uma gruta, inclusive com um boi e um jumento.

Logo, a criativa encenação agradou e se tornou conhecida pelo mundo inteiro. E desde então, a divulgação e propagação do presépio, considerado símbolo do Natal, deve-se em partes aos franciscanos.

"O nascimento de Cristo foi o maior evento da humanidade. É o momento em que o céu resolveu descer para habitar no meio dos homens. Isso é tão grande e fascinante, mas ao mesmo tempo, tão envolto em sinais simples como o estábulo, os animais, os pastores. O que faz com que a representação do Natal, do nascimento do menino Deus, seja ainda tão viva é talvez a grandiosidade do mistério que a envolve. Francisco de Assis era um apaixonado por este mistério, por isso tem a delicadeza de representar o Natal pela primeira vez em forma de presépio!", relatou Frei Alvaci.

Horário da exposição

A 28ª Exposição Franciscana de Presépios ficará aberta das 8h às 17h, de segunda-feira a sábado, e aos domingos, das 8h às 12h. Não haverá expediente nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1º de janeiro. (LMI)