O Advento é tempo para preparar-se para receber a visita de Deus, diz Bispo de San Isidro

 

San Isidro - Argentina (Quarta-feira, 06-12-2017, Gaudium Press) Em uma vídeo-mensagem, o Bispo de San Isidro, Província de Buenos Aires, Dom Oscar Ojea Quintana, teceu considerações para os fiéis de sua diocese a propósito do Advento: "um momento para reorganizar a vida pessoal, aprender a esperar e fazer algumas perguntas, inclusive como ver Cristo nos irmãos que realmente precisam disso".

06-12O Advento é tempo para preparar-se para receber a visita de Deus, diz Bispo de San Isidro.jpg

Para o Bispo de San Isidro, o Advento é um momento especial quando a Igreja destaca a necessidade de a humanidade receber preparar-se para receber a visita de Deus.

"Para recebê-lo, temos que saber como esperá-lo e é por isso que o Evangelho nos convida a estar vigilantes, a assistir, ele nos fala de um homem que fez uma viagem, sai do convívio com seus servos e deixa o porteiro esperando por ele. Este Evangelho nos ensina a estar sempre vigilantes, para que a vinda do Senhor não nos surpreenda, mas que estejamos preparando essa vinda, como o amor está preparado ", destacou Dom Oscar.

Preparar visita, revisão interna

O prelado recordou que "uma visita é preparada com tempo, com paciência, tudo não está ordenado. Temos que saber como esperar: pecado, não. "  E Dom Ojea considerou o Advento como sendo um momento para a revisão interna e para uma pergunta:

"O que estamos fazendo com a nossa vida? Qual o sentido que damos, para onde vamos? Quais são as nossas verdadeiras necessidades? Como estamos vivos? Nossa vida comunitária? Como estamos ligando com os outros? Como estamos servindo? Como é nossa maneira de ver Cristo nos irmãos que realmente precisam disso? "

Em sua vídeo-mensagem, Dom Ojea convida seus diocesanos a se deixarem "surpreender, transformar nossas vidas", reconhecendo que "somos frágeis, mas no fundo, temos algo profundo que o Senhor ama, o Senhor preparou sua viagem, preparou sua visita, vem de longe, vem do Coração do Pai; vamos tentar reordenar nossa vida e aprender a esperar. "

Para encerrar suas considerações, o prelado argentino recomenda: "Deixemo-nos ser pacientes conosco, com os nossos entes queridos, com o nosso país e saberemos como fazer Deus capaz de transformar, em todos os cantos do nosso coração, esse momento fértil (do Advento) ".
"Que Deus nos abençoe e que possamos viver um bom Advento, uma boa visita de nosso Deus! ", concluiu Dom Oscar. (JSG)

 


(Da Redação Gaudium Press, com Informações AICA)