Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora em Turim completa 150 anos de Consagração

 

Itália - Turim (Quarta-feira, 06-12-2017, Gaudium Press) O ano de 2018 será de celebração para a Família Salesiana, já que se comemorará o 150º aniversário da Consagração da Basílica de Maria Auxiliadora, que foi edificada por São João Bosco a pedido de Nossa Senhora.

Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora em Turim completa 150 anos de Consagração 1.jpg
Por ocasião deste aniversário, os Salesianos da Circunscrição Especial de Piamonte e Valle de Aosta na Itália, prepararam um calendário de eventos que incluirão atividades religiosas e também civis, já que, como destaca a agência de informação dos salesianos ANS, "a Basílica não é apenas um patrimônio salesiano, mas também cidadão e universal".

As celebrações foram iniciadas nesta quarta-feira, 06 de dezembro com um concerto, que se repetirá no sábado, 20 de janeiro de 2018 após a "Jornada de Espiritualidade da Família Salesiana" que ocorrerá em Turim. Nesta oportunidade se contará com a presença de vários historiadores que narrarão como foi o dia 09 de junho de 1868, data na qual Dom Bosco concluiu as obras da Basílica, e se inaugurará um grande órgão de três mil tubos que foi restaurado.

Como parte dos festejos, no dia 29 de janeiro será apresentado o livro "Os Sonhos de Dom Bosco", de autoria do Padre Andrea Bozzolo, SDB; e no dia 09 de março se desenvolverá um encontro com a presença do Cardeal Gualtiero Bassetti, Presidente da Conferência Episcopal Italiana (CEI).

Entre as atividades também se prevê para o dia 09 de abril um encontro com a Comunidade "Nuovi Orizzonti", que trabalha com jovens em dificuldade; e no dia 07 desse mês terá lugar a apresentação do Coral de Aosta.

As homenagens serão concluídas no sábado, 09 de junho com uma Solene Eucaristia na Basílica, "com o olhar aberto ao futuro e com o desejo de fazê-la majestosa", como "lugar de encontro de todos os que amam Maria Auxiliadora", segundo indicam os salesianos a partir da ANS.

Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora em Turim completa 150 anos de Consagração 2.jpg
A Basílica de Maria Auxiliadora foi construída com grande esforço, e graças à Providência, por Dom Bosco. O fundador da Família Salesiana narra que Nossa Senhora lhe apresentou em um de seus sonhos pedindo-lhe edificar um templo em terreno santificado pelos mártires de Turim: "Recorri novamente à amável Senhora e Ela me mostrou outra igreja bem maior e com uma casa ao lado. Me levou um poco além até um terreno cultivado (...) e acrescentou: 'Neste lugar, onde os gloriosos mártires de Turim, Adventor e Octavio, sofreram seu martírio, sobre essa terra banhada e santificada com seu sangue, quero que Deus seja honrado de modo especialíssimo'. E, assim dizendo, adiantou um pé até colocá-lo no ponto exato onde teve lugar o martírio e me indicou com precisão".

A edificação foi concluída, sendo sua construção "todo um milagre" -como expressou Dom Bosco-, consagrando-se a Maria Auxiliadora no dia 09 de junho de 1968.

"Nestes 150 anos foram realizadas muitas mudanças no templo. Na época de Dom Bosco a grande Basílica era menor, quase a metade. Internamente sofreu muitas mudanças e, em geral, deixou de ser uma igreja de oitocentos de Turim, nascida em um contexto de pobreza, para ser uma igreja de estilo grandiloquente. O que ficou imutável, além da estrutura arquitetônica, é o retábulo de Maria Auxiliadora, encargo do mesmo São João Bosco ao artista e pintor Tommaso Lorenzone", menciona ANS.

Hoje a Basílica é o epicentro da Família Salesiana. Ali se encontram os restos mortais de São João Bosco, de vários de seus sucessores, assim como de Santa Maria Mazzarello e São Domingos Sávio, entre outros, além de um sem número de tesouros espirituais que permanecem na cripta das relíquias na área inferior da Basílica. (EPC)