Bispo filipino destaca testemunho de Santa Teresa de Lisieux durante sua visita ao país

 

Filipinas - Malolo (Quinta-feira, 08-02-2018, Gaudium Press) Por ocasião da peregrinação das relíquias de Santa Teresa de Lisieux à Catedral e a Basílica Menor da Imaculada Conceição em Malolos, Filipinas, o Bispo local, Dom José Oliveros, exaltou as virtudes da Santa que desperta uma notável admiração no país e no mundo, apesar de ter vivido sua vida religiosa na discrição do convento de clausura. "Santa Teresinha curou aos que pediram sua intercessão, proclamou o Evangelho do Senhor enquanto vivia na terra e passou uma vida de oração em um mosteiro Carmelita em Lisieux", expressou o prelado como resumo de sua vida.

Bispo filipino destaca testemunho de Santa Teresa de Lisieux durante sua visita ao país.png

"Santa Teresinha cumpriu e seguiu o que o Senhor disse: 'A menos que se tornem como crianças pequenas, nunca entrarão no reino de Deus'", expôs Dom Oliveros em sua homilia. "Ela personificou a vida de uma criança que depende inteiramente da vontade de Deus". Por esta razão, pediu de forma especial aos fiéis que rezem para que a Santa interceda por todos os sacerdotes e pessoas consagradas, a fim de que eles também se tornem instrumentos de Deus à sua imitação e ofereçam cura, testemunho e oração ao mundo de hoje.

A relíquia que visita as Filipinas corresponde aos ossos da perna direita da Santa, que segundo o Padre Froilan Torres, membro do Quarto Comitê Organizador da Visita das Relíquias, é levado por todo o mundo para cumprir o desejo da religiosa de se tornar missionária e levar o Evangelho ao mundo inteiro. Santa Teresinha é considerada Padroeira das Missões apesar de não ter deixado o convento por seu ardente desejo evangelizador e seu oferecimento de suas dificuldades e doenças em favor do êxito do apostolado da Igreja missionária.

As relíquias permanecem na Diocese de Malolos desde o dia 03 de fevereiro até o dia 08, data de sua partida para a Diocese de Kalookan em meio de uma viagem pelas Filipinas. O percurso das relíquias em sua quarta peregrinação pelo país terminará no dia 31 de maio. (EPC)