Dia das Mães! Por que não Dia do Amor, Dia do Afeto, Dia da Bondade?

 

Redação (Sexta-feira, 10-05-2019, Gaudium Press) Existe o Dia do Amor, Dia do Afeto, Dia da Bondade, Dia da Misericórdia?
Sinceramente, no mundo de hoje, quando se decretou uma proliferação de "dias" para cada coisa, profissão, instituição, pessoas, eu não conheço.

Talvez seja por isso mesmo que foi instituído o Dia das Mães...

Dia das Mães-! Por que não Dia do Amor, Dia do Afeto, Dia da BondadeFoto Arquivo Gaudium.jpg

Pois, na verdade, a pessoa que é Amor, que distribui Carinho e Afeto, que é fonte de Bondade e Misericórdia e que ainda nos deu a vida é uma só.

Ela é expressa por uma palavra que, tendo um especial significado, anuncia e resume estas virtudes em uma só pessoa: Mãe!

Uma só pessoa, pois, a palavra família indica uma pluralidade de pessoas e
Mãe é a quintessência da família, porque é a quintessência do amor, a quintessência do afeto; e, nessas condições, a quintessência da bondade e da misericórdia.

Dentro da família, a alma da criança, em contato com a Mãe, começa a compreender o que é a bondade que não se cansa, o que é a graça, o favor, o amor que não se exaure.

Nessa vivencia com a Mãe a criança começa a compreender também aquela forma de afeto materno que inclina a mãe a jamais achar tedioso estar com o filho.

Para a Mãe, carregar seu filho nos braços, brincar com ele, soltá-lo no chão, vê-lo correr de um lado para outro, ser importunada por ele incontáveis vezes durante o dia com perguntinhas, com brinquedinhos, para a boa mãe, nisto está e nisso consiste a alegria da vida.

E, se alguém, no começo de sua existência, percebe o que é a alegria de ter uma boa mãe, essa pessoa compreende que a vida na Terra pode ser muito difícil; mas, enquanto conservar em seu coração a recordação de sua mãe, guardará também a lembrança e a saudade do paraíso em que vivia quando estava em comunicação com ela.

A boa Mãe é a única lembrança paradisíaca que nos resta da infância. Retendo essa recordação, a pessoa mantém a esperança do Paraíso Celeste, onde a boa Mãe vai nos receber.

Dia das Mães. Por que não Dia do Amor, Dia do Afeto, Dia da Bondade.jpg

Maria, a Mãe das Mães, é para quem me remete quando imagino que Deus, admirando tudo o que Ele criou, viu que a Mãe era a melhor e mais bela de todas criaturas. E por isso mesmo, Ele quis criar uma para Si...

Que a criatura mais bela, Mãe de Cristo meu Senhor, acompanhe e abençoe todas Mães e dê a elas a certeza de que, em todos os dias, elas são o paraíso para dos filhos.

Que Ela dê também a elas a certeza de que é por isso mesmo que não há necessidade de ter Dia do Amor, Dia do Afeto, Dia da Bondade, Dia da Misericórdia:
Já existe o Dia das Mães...
(JSG)