Bispos rezam terço pelas vocações sacerdotais

 

São Paulo - Aparecida (Sexta-feira, 10-05-2019, Gaudium Press) Durante a 57ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, iniciada no dia 1º de maio e encerrada nesta sexta-feira, 10, o episcopado brasileiro se reuniu todas as manhãs para a recitação do Santo Terço.

O encontro ocorria às 7h, antes da Santa Missa celebrada tradicionalmente às 7h30 com as laudes. Foi a primeira vez que os Bispos brasileiros iniciaram todos os dias da Assembleia com a recitação do santo terço em preparação à Santa Missa.

Bispos rezam terço pelas vocações sacerdotais Foto a12 Thiago Leon.jpg

O ato só foi possível graças ao pedido formal que Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo metropolitano de Juiz de Fora e Bispo referencial para o Terço dos Homens no Brasil, fez à presidência da CNBB.

O prelado explica que esta "é uma iniciativa interessante, porque dá oportunidade de no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, todos os Bispos do Brasil, representantes de todas as (Arqui)dioceses, unidos, rezarmos pelo país".

Ao citar os Papas que incentivaram a devoção mariana, Dom Gil recorda a Exortação Apostólica do Papa São João Paulo II, Rosarium Virginis Mariae, publicada em outubro de 2002, explicando que esse é um importante documento para a compreensão do sentido cristológico desta oração milenar. Além disso, "Bento XVI incentivou a mencionada prática oracional e Francisco tem dado testemunhos pessoais, inclusive nas redes sociais, sobre sua especial predileção pelo Terço e de sua prática diária".

A principal intenção da recitação do terço durante a Assembleia dos Bispos foi pelo surgimento de vocações sacerdotais. A sugestão foi feita pelo Bispo de Paranavaí (PR), Dom Mário Spaki, que explicou que se colocou essa intenção "para que em cada família haja uma vocação, em cada paróquia haja pelo menos a vocação de um seminarista". (EPC)