Sagrado Coração de Jesus: 3 comentários que você não viu

 

Sagrado Coração de Jesus- 3 comentários que você não viu,foto arquivo gaudium Press1.jpg

Redação (Terça-feira, 11-06-2019, Gaudium Press) Publicamos para nossos leitores comentários pouco conhecidos de três títulos dados ao Sagrado Coração de Jesus a quem a Igreja dedica o mês de junho.
São apenas três comentários que talvez você ainda não conheça:

Coração de Jesus, de majestade infinita

É uma lindíssima invocação. Coração de Jesus, de majestade infinita: um Céu de majestade!

Segundo o luminoso ensinamento de Santo Agostinho, onde está a majestade, ali se acha também a humildade.

As duas são inseparáveis. Daí concluímos que o Coração de Jesus, abismo de humildade, é por isso mesmo um firmamento de majestade.

Se dons artísticos eu tivesse, muito me alegraria representar a figura de Nosso Senhor, exprimindo não apenas a sua majestade ou somente a sua humildade, mas retratá-Lo numa dessas apresentações em que se vê, num só relance, aquilo que a majestade tem em comum com a humildade, ou vice-versa, e que é aquela esfera superior de virtude onde essas duas excelências particulares como que se encontram e se fundem.

Algo dessa ligação da suma majestade com a suma humildade me parece existir numa imagem na qual não está visível o Sagrado Coração, mas nem por isso deixa de ser muita expressiva nesse sentido: trata-se do Beau Dieu d'Amiens.

Sagrado Coração de Jesus- 3 comentários que você não viu-foto arquivo Gaudium Press.jpg

Ali O vemos como um rei digníssimo, um doutor nobilíssimo, mas ao mesmo tempo tão sereno, tão manso, tão senhor de si, que se percebe que Ele seria capaz de receber a pior injúria e de se conservar inteiramente quieto, pacífico, sem nenhuma reação de amor próprio, desde que fosse essa a atitude mais santa no momento.

Coração de Jesus, fornalha ardente de caridade

Outra invocação: Coração de Jesus, fornalha ardente de caridade. Jesus é o foco de todo o amor de Deus!

A Caridade é o amor de Deus.

O fato de o Coração de Jesus ser essa fornalha ardente, ou seja, não só uma fornalha, que de si já traz a ideia do ardor, mas uma fornalha ardentíssima exprime bem a ideia de que Ele é o foco de todo o amor de Deus.

Exprime também que a devoção ao Coração de Jesus, por intermédio do Coração Imaculado de Maria, é especificamente esplêndida para quem se lamenta de ser tíbio, de estar se arrastando de maneira vagarosa na vida espiritual.

É a devoção mais indicada e mais excelente, capaz de comunicar o fogo e o fervor da caridade a essas almas que deploram sua estagnação nas vias da piedade.

Coração de Jesus, paciente e misericordioso

Parece muito importante, para nossa época, a invocação com a qual louvamos o Coração de Jesus, paciente e misericordioso. Ele é o Modelo de verdadeira paciência!

Paciente significa aquele que sofre.

Portanto, o Coração de Jesus é sofredor e misericordioso, pronto a padecer até mesmo as injúrias que Lhe fazem os homens.

É o Coração d'Ele enquanto amando o sofrimento, compreendendo que é a grande lei da vida e que, sem isso, a existência não vale absolutamente nada. Pois, em última análise, consideradas as coisas sob certo ângulo, o valor de uma criatura humana se mede por sua capacidade de aceitar com coragem e resignação as dores que a Providência permite em seu caminho.

E então temos o Coração de Jesus como nosso modelo de paciência.

E uma das formas importantes de sermos pacientes, nesse sentido superior da palavra, diz respeito à atitude que tomamos em relação aos nossos próximos.

Quer dizer, sabermos aturar os desaforos e provocações, sermos amáveis e bondosos para com aqueles que nos fazem sofrer pelo seu mau gênio, pelas dificuldades de trato, etc.

Para isso, é necessário pedirmos ao Sagrado Coração de Jesus essa paciência de que Ele é a fonte.

Além dessa forma preciosa de paciência, uma das expressões mais típicas da capacidade de sofrer é o espírito de iniciativa, pelo qual o homem vence a preguiça, a moleza, o tédio, o amor a si mesmo e se lança ao trabalho, à luta apostólica, e se joga até o mais grosso e ardoroso dessa luta, se necessário for, quites a deixá-la imediatamente se o interesse da Igreja conduzi-lo no sentido oposto.

Eis a melhor forma de paciência que devemos rogar ao Coração de Jesus, é esse espírito de iniciativa e de combatividade, em virtude do qual renunciamos a todos os nossos relaxamentos.

Paciente e misericordioso:
É a misericórdia enquanto corolário da paciência, disposta a tudo aturar e a tudo perdoar.

Sim, convençamo-nos dessa maravilhosa verdade: o Sagrado Coração de Jesus nos perdoa uma vez, duas vezes, duas mil vezes, e não quer que desanimemos de seu perdão.

Assim, esta é a magnífica invocação que nos exorta a nunca perder a confiança na clemência de Nosso Senhor, pela intercessão do Coração Imaculado de Maria: Coração de Jesus, paciente e misericordioso.

Paciente com os meus defeitos, com os meus pecados; misericordioso em relação às minhas lacunas.

Pelos rogos do Coração de vossa Mãe Santíssima, tende pena de mim, ó Senhor.

(Fonte: "Revista Dr. Plinio")