Padroeira da Colômbia será entronizada na Catedral de Sal de Zipaquirá

 

Colômbia - Zipaquirá (Sexta-feira, 12-07-2019, Gaudium Press) A Catedral de Sal de Zipaquirá, considerada a Primeira Maravilha da Colômbia, situada a 48 quilômetros de Bogotá, se unirá às celebrações pelo Centenário da Coroação de Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá como Rainha e Padroeira da Colômbia.

Padroeira da Colômbia será entronizada na Catedral de Sal de Zipaquirá.jpg

Isso ocorrerá no próximo dia 20 de julho, data na qual os colombianos celebram a Independência, através da entronização de uma réplica da tela da Mãe de Chiquinquirá.

Tal como no quadro original, que mede 1.20 por 1.40 metros, a reprodução de Nossa Senhora contará com as mesmas dimensões. A imagem repousará na Catedral em uma capela dedicada à Nossa Senhora, junto com outras invocações marianas do mundo, sobretudo da América Latina.

De acordo com informações fornecidas pela Catedral de Sal, a entronização da tela começará às 09h30 com uma procissão que se iniciará na Catedral Diocesana de Zipaquirá, e o percurso que passará pela Calle 5, a Carrera 10 e finalmente a Calle primera que leva até o Parque da Sal-Catedral de Sal. O itinerário processional contará com a presença dos Nazarenos e a Banda Marcial de ex-alunos de la Salle.

Às 11h, na Praça Cerimonial do Mineiro do Parque da Sal, começará a cerimônia de entronização da réplica do quadro de Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá. A partir desse lugar os fiéis ingressarão na Catedral de Sal até a Nave Central onde ocorrerá uma Missa presidida por Dom Héctor Cubillos Peña, Bispo de Zipaquirá.

Estará presente o coro dos Frades Dominicanos da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Chiquinquirá, e serão rendidas honras à Mãe, Rainha e Padroeira dos colombianos.

Na Catedral de Sal de Zipaquirá já se entronizaram diferentes invocações de Nossa Senhora procedentes do México, Argentina, Costa Rica, Equador e República Dominicana, entre outras. Em 2017 se entronizou a imagem de Nossa Senhora de Fátima; iniciativa que se realizou junto à Embaixada de Portugal na Colômbia.

Em Zipaquirá há especial devoção pela Mãe do Céu, especialmente na invocação da Virgem do Rosário de Guasá, padroeira dos mineiros, cujas festas se celebram no mês de outubro.

A Catedral de Sal de Zipaquirá é uma obra majestosa e imponente templo que se construiu no interior das minas de sal da localidade colombiana.

A atual Catedral começou a ser construída no ano de 1991 substituindo a antiga, cujos trabalhos finalizaram em 1954. Ao ser um templo subterrâneo, e erigido no interior das minas de sal, sua arquitetura é única.

O templo subterrâneo é parte do complexo cultural "Parque do Sal", que está dedicado à mineração e geologia.

Por suas características, a Catedral -que não é como tal uma sede episcopal, mas sim um prodígio arquitetônico- foi proposta como uma das novas sete maravilhas do mundo moderno. É a Primeira Maravilha da Colômbia. (EPC)