São Tiago, o Filho do Trovão

 

Redação (Quinta-feira, 25-07-2019, Gaudium PressSão Tiago Maior era filho de Zebedeu. Foi intitulado de maior por ser mais velho que São Tiago Menor, filho de Alfeu. 

São Tiago, o Filho do Trovão-Foto Arquivo Gaudium Press.png

A carta de São Tiago, que se encontra na Bíblia pertence a São Tiago Menor, que era bispo de Jerusalém.

Jesus o chamou...

"Caminhando à beira do mar da Galileia, Jesus viu Simão e o irmão deste, [...].
Prosseguindo um pouco adiante, viu também Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão, João, consertando as redes no barco. Imediatamente, Jesus os chamou.

E eles, deixando o pai Zebedeu no barco com os empregados, puseram-se a seguir Jesus" (Mc 1,16-20).

"Filho do Trovão" (Boanerge)

Vê-se nesta passagem de São Marcos, que um dos primeiros discípulos de Nosso Senhor Jesus Cristo foi São Tiago, que mais tarde seria elevado a apóstolo:

"Eram: Simão (a quem deu o nome de Pedro); Tiago, o filho de Zebedeu, e João, seu irmão (aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer filhos do trovão) e ainda André, Felipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu" (Mc 3,16-19).

São Tiago Maior, por seu temperamento fogoso, foi nomeado por Nosso Senhor Jesus Cristo de "filho do trovão" (Boanerge).

Testemunha da Ressurreição

São Tiago Maior testemunhou a ressurreição da filha de Jairo (Mc 5,37), a transfiguração (Mc 9,2-13) e a agonia de Jesus no horto das Oliveiras (Mc 14,32).

Após a Ascensão de Jesus, teria evangelizado a Espanha, tornando-se seu primeiro evangelizador e depois seu patrono.

Para revigorar esta tradição, no século IX o bispo Teodomiro, da cidade de Iria, afirmou ter reencontrado as relíquias do apóstolo e desde aquela época, a cidade que depois mudaria o nome para Santiago de Compostela (campo das estrelas).

Primeiro Mártir entre os Apóstolos

Este grande apóstolo foi preso pouco antes de São Pedro em Jerusalém, e foi decapitado por ordem do rei Herodes Agripa (At 12,2), depois da execução de Santo Estevão, diácono grego e fervoroso pregador cristão.

Embora Santo Estêvão seja o protomártir, ou seja, o primeiro cristão a ser martirizado, São Tiago Maior foi o primeiro mártir entre os Apóstolos de Cristo, os quais foram, com exceção de São João, sucessivamente martirizados após a morte dele.

Sua festa votiva é em 25 de julho.
Até os dias de hoje no Santuário de Compostela, descansam em uma urna, os restos mortais de São Tiago Maior.

São Tiago, apóstolo e missionário

São Tiago foi um apóstolo e um missionário movido por extraordinária ousadia.

Empreendeu uma epopeia que, levando-se em conta as condições rudimentares da época, pode ser considerada tão - ou mais - audaciosa quanto uma viagem, em nossos dias, até a lua.

Pois o "filho do trovão" partiu de Jerusalém para pregar o Evangelho aos povos do Ocidente, e chegou aos extremos da Península Ibérica.

Santiago animado por Maria

Homem de gigantesca estatura moral, recebeu o infalível auxílio de Maria Santíssima, que lhe apareceu para reconfortá-lo, animando-o a não recuar diante de nenhum obstáculo na sua magnífica obra evangelizadora.

Enquanto seu irmão viveria muitos anos, Tiago, porém, não viveu muito mais tempo.

Desde o princípio, pondo em parte a aspiração humana, elevou-se a tão grande santidade que bem depressa recebeu a coroa do martírio.[1]

Que São Tiago Maior ilumine cada vez mais a história das civilizações como o santo da ousadia, da audácia.

(JSG)

.....................................

[1] Liturgia das Horas. Das homilias sobre Mateus, de São João Crisóstomo, bispo. Séc. IV. Página 1445