O que Deus quer da Austrália?

 

Adelaide - Austrália (Sexta-feira, 09-08-2019, Gaudium Press) Na Austrália continuam os preparativos para a realização do Conselho Plenário da Igreja Australiana que será realizado em 2020 na cidade de Adelaide.

O que Deus quer da Austrália.Foto Arquio Gaudium Press.jpg

Recentemente foi publicado o relatório final da fase de "Escuta e Diálogo", quando os fiéis puderam expressar suas ideias sobre o futuro da Igreja na Austrália.

A pergunta central

A pesquisa realizada pela Igreja Católica australiana desejava saber o pensamento dos fiéis sobre a seguinte questão:
"O que Deus está pedindo à Austrália em nosso tempo?"

E, há alguns dias atrás o Conselho publicou o relatório final da fase de "Escuta e Diálogo", em preparação para para o "Conselho Plenário", que os organizadores definem como sendo um momento de diálogo e reflexão sobre o futuro da Igreja católica na Austrália e que eles tsmbém julgam ser "a mais alta forma de reunião das Igrejas locais australianas desde 1937".

O encontro será realizado na cidade de Adelaide, entreos dias 4 e 11 de outubro de 2020.

O Relatório "Escuta e Diálogo"

Para a elaboração deste relatório foram consultadas mais de 200 mil pessoas.

E as respostas chegaram.

Conforme informa a Agencia Fides, em suas 314 páginas, o documento traz a contribuição de mais de 222 mil pessoas e o aprofundamentos sobre 17.457 perguntas individuais e de grupo, elaboradas e recebidas entre maio de 2018 e março de 2019.

O longo relatório narra ainda como se deu, concretamente, o processo de "escuta e diálogo", quais foram as perguntas apresentadas e a metodologia de pesquisa utilizada.

Arcebispo de Perth fala do relatório

"Na primeira fase da nossa viagem, essa escuta produziu um tesouro extraordinário de ideias e propostas que representa a resposta sincera de muitas pessoas", afirmou o arcebispo de Perth, Dom Timothy Costelloe, presidente do Conselho Plenário.

Dom Timothy continua: "O grande desafio que temos agora é ‘captar' a voz do Espírito Santo na essência daquelas respostas apaixonadas, repletas de esperança, mas por vezes contraditórias do povo de Deus".

Respostas acima do esperado

A propósito da pesquisa pastoral, o diretor do Centro Nacional para a Pesquisa Pastoral, Trudy Dantis afirma:

"Para os bispos convidar o povo de Deus na Austrália a responder a uma pergunta tão ampla foi um gesto corajoso e a resposta foi surpreendente.

Não poderíamos prever o número de pessoas que ouviríamos, mas fomos capazes de utilizar instrumentos de pesquisa e análise de alto nível para reunir os temas sobre os quais elas falaram".

"Escuta e Discernimento"

Concluída a primeira fase, a Igreja australiana prepara-se para viver a segunda fase do caminho rumo ao Conselho, definida como "Escuta e Discernimento".

Ela deverá iniciar-se neste mês de agosto.

Só depois deste período de discernimento, deverá surgir a agenda do Conselho Plenário. (JSG)