Três novos Núncios Apostólicos são nomeados pelo Papa Francisco

 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 03-09-2019, Gaudium Press) Nesta terça-feira, 03 de setembro, o Papa Francisco nomeou três novos Núncios Apostólicos: Dom Antoine Camilleri, Dom Paolo Rudelli e Dom Paolo Borgia.

Três novos Núncios Apostólicos são nomeados pelo Papa Francisco 1.jpg

Dom Antoine Camilleri, que até então era subsecretário para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado, foi nomeado como Arcebispo titular de Skálholt, na Islândia, ao mesmo tempo que lhe foi confiado o cargo de Núncio Apostólico.

Dom Paolo Rudelli, que até o momento era Enviado Especial e Observador Permanente da Santa Sé no Conselho da Europa em Estrasburgo, foi nomeado Arcebispo titular de Mesembria, na Bulgária, ao mesmo tempo em que lhe foi confiado o ofício de Núncio Apostólico.

Dom Paolo Borgia, que até agora era Assessor para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado, foi nomeado Arcebispo titular de Milazzo, na Itália, ao mesmo tempo em que lhe foi confiado o ofício de Núncio Apostólico.

Biografia dos novos núncios

Três novos Núncios Apostólicos são nomeados pelo Papa Francisco 2.jpg

Nascido em Sliema (Malta) no dia 20 de agosto de 1965, Antoine Camilleri foi ordenado sacerdote em 5 de julho de 1991 e incardinado em Malta. É formado em Jurisprudência e em Direito Canônico. Entrou no serviço diplomático da Santa Sé em 9 de janeiro de 1999, trabalhando nas Representações Papais em Papua Nova Guiné, Uganda, Cuba e na Seção para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado. Em 22 de fevereiro de 2013 foi nomeado subsecretário da Seção para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado. Fala fluentemente sete idiomas: italiano, inglês, espanhol, francês, português, romeno, russo.

Dom Paolo Rudelli nasceu em Gazzaniga (Itália) no dia 16 de julho de 1970, sendo ordenado sacerdote em 10 de junho de 1995. Foi incardinado em Bergamo. Se formou em Direito Canônico e se licenciou em Teologia Moral. Ao ingressar no serviço diplomático da Santa Sé em 1° de julho de 2001, trabalhou nas Representações Pontifícias no Equador e na Polônia e na Seção para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado. Foi nomeado Enviado Especial com a função de Observador Permanente no Conselho da Europa em Estrasburgo em 20 de setembro de 2014. É fluente em quatro idiomas: inglês, francês, espanhol e polonês.

Já Dom Paolo Borgia nasceu em Manfredonia (Foggia) no dia 18 de março de 1966. Foi ordenado sacerdote em 10 de abril de 1999 e incardinado em Manfredonia-Vieste-San Giovanni Rotondo. É formado em Direito Canônico. Entrou para o serviço diplomático da Santa Sé em 1° de dezembro de 2001, atuando nas Representações Pontifícias na República Centro-Africana, no México, em Israel, no Líbano e na Seção para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado e na Seção para Assuntos Gerais da mesma Secretaria. Em 4 de março de 2016, Dom Paolo Borgia foi nomeado Assessor para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado, em 4 de março de 2016. Fala inglês, espanhol e francês. (EPC)