Diocese de Santarém (PA) é elevada à Arquidiocese

 

Redação (Quarta-feira, 06-11-2019, Gaudium Press) O Papa Francisco elevou, nesta quarta-feira, 06 de novembro, a Diocese de Santarém (PA) à Arquidiocese, nomeando como seu primeiro Arcebispo, Dom Irineu Roman, até então Bispo titular de "Sertei" e Auxiliar da Arquidiocese de Belém do Pará.

Diocese de Santarém (PA) é elevada à Arquidiocese.jpg

A nova Província Eclesiástica terá como sufragâneas a Diocese de Óbidos (PA), a prelazia de Itaituba (PA), a nova Diocese do Xingu-Altamira (PA) e a nova prelazia de Alto Xingu-Tucumã (PA), criadas neste mesmo dia.

Para a Diocese de Xingu-Altamira, foi nomeado como Bispo Dom João Muniz Alves, religioso que até já exercia a função episcopal nesta mesma circunscrição eclesiástica. Já para a prelazia de Alto Xingu-Tucumã, o Santo Padre nomeou como Bispo o Padre Jesús María López Mauoléon, que atualmente atua na Paróquia de São Pedro, em Barra do Ceará e é vigário episcopal da Região Metropolitana "Nossa Senhora da Assunção", na Arquidiocese de Fortaleza.

A Igreja Particular de Santarém foi erigida canonicamente como prelazia territorial de Santarém, no dia 21 de setembro de 1903, com territórios desmembrados da então Diocese de Belém do Pará. A elevação a Diocese ocorreu em 16 de outubro de 1979, por São João Paulo II.

O território se estende por 171.906 quilômetros quadrados. São 23 Paróquias, 18 áreas pastorais e duas áreas missionárias distribuídas nos municípios de Almeirim, Aveiro, Belterra, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Monte Dourado e Prainha, todos no estado do Pará.

Santarém se torna agora a segunda Arquidiocese no regional Norte 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. (EPC)