Bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte recebe hoje “Comenda Teófilo Ottoni”

 

Minas Gerais (Segunda, 30-11-2009, Gaudium Press) O reitor da Pontifícia Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, vai receber hoje a Comenda Teófilo Ottoni, outorgada pelo governo de Minas Gerais, na cidade de Serro, região que fica no Alto Jequitinhonha. A cerimônia será no auditório da PUC Minas às 11h.

A comenda, criada em 2007 por ocasião do bicentenário de nascimento de Teófilo Benedito Ottoni (jornalista, político e empresário brasileiro), tem o objetivo de homenagear pessoas e instituições que tenham contribuído para o desenvolvimento político, cultural, econômico e social das regiões dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte-nordeste de Minas Gerais.

A cada ano, é concedida durante as comemorações do aniversário de nascimento do político mineiro, com o local de sua entrega sendo alternado entre os municípios de Teófilo Otoni e do Serro.

Dom Joaquim Mol

Nasceu em 6 de janeiro de 1960, em Ponte Nova, Minas Gerais, numa família cristã.

Cursou, no período de 1980 a 1982, licenciatura em Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em Belo Horizonte. O curso de teologia foi feito também na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, nos anos de 1985 a 1988.

Foi ordenado diácono no final de 1987 na Paróquia Cristo Luz dos Povos, em Belo Horizonte, e presbítero em julho de 1988 em Ponte Nova.

Em 1990 foi convidado a voltar para Belo Horizonte para retomar os estudos. Fez o mestrado em Teologia no Centro de Estudos Superiores da Companhia de Jesus, com a tese "O individualismo cultural e a vivência da fé cristã".

Desde 1996 coordena o Núcleo de Estudos Teológicos e o Instituto Superior de Pastoral da PUC Minas.

Atualmente é membro do Conselho Curador da Fundação João Paulo II e da Fundação Mariana Resende Costa, do Conselho Consultivo da Sociedade Mineira de Cultura e Reitor da PUC Minas.