Formar sacerdotes próximos de Deus e dos homens – conselho do Papa a reitores de Seminários

 

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 09-03-2018, Gaudium Press) Na manhã de quinta-feira o Papa Francisco reuniu-se com Reitores de seminários católicos de língua alemã na Sala do Consistório do Palácio Apostólico, no Vaticano.

9-Formar sacerdotes próximos de Deus e dos homens ? conselho do Papa a reitores de Seminários.jpg

Foi uma ocasião oportuna para o Papa aconselhar os reitores a sensibilizar os jovens seminaristas para a pessoa concreta do necessitado, da necessidade da proximidade dos homens e da proximidade de Deus.

Disse o Pontífice: "Ele nos chama para que saiamos de nosso ‘eu' e nos dirijamos ao ‘tu'. Este ‘tu' é a pessoa concreta do necessitado".

O Papa reconheceu que "como pessoas humanas e como sacerdotes confiamos no patrimônio e em nossas experiências" e "ao mesmo tempo devemos reconhecer que estão nascendo novas e diversas formas culturais que não pertencem aos modelos que conhecemos".

Francisco sublinhou que "temos que nos despojarmos de alguns costumes aos quais estamos apegados, e empenharmos com aquilo que é ainda desconhecido", e isto deve ser feito "dirigindo o olhar para Jesus que sofreu, morreu e ressuscitou. Em suas feridas, assim como nas do mundo, podemos reconhecer os sinais da Ressurreição. Esta certeza nos coloca sempre de novo no caminho como testemunhas da esperança".

Para Francisco "nós não podemos criar vocações," mas "podemos ser testemunhos da chamada que nos dirige Deus misericordioso".

"Eu os encomendo, assim como os candidatos ao sacerdócio nos países de língua alemã, à Santíssima Virgem, Mãe da Igreja", concluiu o Santo Padre. (JSG)