Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, festa do amor de Deus, diz o Papa

 

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 08-06-2018, Gaudium Press) No dia em que a Igreja Católica comemora a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, celebrando Missa na Capela da Casa Santa Marta, o Papa Francisco afirmou que "Deus é assim: sempre por primeiro. Ele espera-nos por primeiro, ama-nos por primeiro, ajuda-nos por primeiro".

Papa Francisco- Obras de Misericórdia ?são estrada do amor que Jesus ensina?.jpg

O Papa afirmou que Deus "é o primeiro a amar" a humanidade, sendo depois preciso que homens e mulheres coloquem em prática as Obras de Misericórdia, obras de seu amor.

Obras de Misericórdia, Estrada do Amor

De acordo com Francisco "a grandeza maior expressa na menor das pequenezes", por "último" Deus enviou "o seu Filho" que ensinou como deve ser a atitude cristã, no "famoso protocolo" das Obras de Misericórdia.

"As obras de misericórdia são justamente a estrada do amor que Jesus nos ensina em continuidade com este amor de Deus, grande! Com este amor sem limites, que se aniquilou, se humilhou em Jesus Cristo; e nós devemos expressá-lo assim", afirmou o Papa.

E o Pontífice salientou ainda que "não são necessários grandes discursos sobre o amor", mas homens e mulheres "que saibam fazer essas pequenas coisas por Jesus, para o Pai".

Francisco sublinhou que as Obras de Misericórdia são "a continuidade deste amor, que se rebaixa, chega" às pessoas e têm de continuar.

Como Deus manifesta o Amor

"Deus, como manifesta o amor? Com as grandes coisas?
Não: rebaixa-se, rebaixa-se, rebaixa-se com esses gestos de ternura, de bondade.
Faz-se pequeno, aproxima-Se. E com esta proximidade faz-nos entender a grandeza do amor. O grande deve ser entendido por meio do pequeno", ensinou.

Para a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus pode-se dizer que "é a festa do amor de Deus", concluiu Francisco. (JSG)