Outra Cruz é derrubada na Espanha

 

Espanha - Madri (Segunda-feira, 11-06-2018, Gaudium Press) No início deste mês de junho a administração de Vall D'Uixo, em Castellón, retirou a Cruz dos Caídos em um suposto cumprimento da Lei de Memória Histórica.

Outra Cruz é derrubada na Espanha.jpg
O ato contou com a rejeição dos moradores da região. Cerca de 50 deles, membros da Plataforma 'Salvemos a Cruz da Praça da Paz', se reuniram na manhã do dia anterior para manifestar seu descontentamento com a possível demolição.

No dia seguinte, logo nas primeiras horas do dia, a Guarda Civil interditou o acesso à Praça da Paz, onde se localizava a Cruz, com o intuito de deixar longe os que eram contra a demolição. No lugar da Cruz será instalado um monumento dedicado à música.

Segundo argumentou a administração local, com a demolição se cumpre a Lei de Memória Histórica e a Lei valenciana de Memória Democrática e para a Convivência 2017. Já a Associação Espanhola de Advogados Cristãos (AEAC) apresentou mais de 13 mil assinaturas pedindo que a Cruz não fosse retirada.

"O monumento não descumpre a Lei de Memória Histórica, pois desde 1979 não contém nenhum simbolismo político", ressaltou Polonia Castellanos, presidente da AEAC.

Aprovada em 2007, a Lei de Memória Histórica estabelece uma série de medidas em favor de quem sofreu perseguição ou violência durante os anos da Guerra Civil Espanhola e da posterior ditadura de Francisco Franco.

A retirada de monumentos, símbolos ou nomes de lugares públicos relacionados com a Guerra Civil e a ditadura estão entre essas medidas. Os monumentos da Igreja Católica ficam fora da aplicação desta lei. Porém, isso não tem sido respeitado. (EPC)