Igreja Católica de Rito Oriental realiza encontro episcopal na Itália

 

Lungro - Itália (Terça-feira, 12-06-2018, Gaudium Press) - O Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) organizou o próximo encontro dos bispos católicos de rito oriental, deste ano que pretende estudar e definir o futuro da Igreja nos territórios abrangidos pelo CCEE.

Lungro850.jpg

O Encontro Episcopal será desenvolvido dentro do estudo do tema ‘O que é ser uma Igreja Católica de rito oriental hoje', e será realizado entre os dias 14 e 17 de junho na região de Lungro, na Itália, a convite do monsenhor Donato Oliverio, responsável pela Igreja Católica ítalo-albanesa.

De acordo com um comunicado dos organizadores do evento, fará parte dos estudos a serem realizados na ocasião a definição das "caraterísticas que marcam a identidade de uma Igreja Católica Oriental", "a figura do bispo, especialmente no que toca a elementos relacionados com o novo processo de matrimonial".

O Encontro de Lungro terá ainda como destaque a liturgia.
Dentro da temática proposta será desenvolvida uma reflexão os assuntos litúrgicos dentro daquilo que diz respeito à "sua renovação em fidelidade aos princípios identificativos das Igrejas Católicas Orientais", e a sua importância "para a transformação da vida dos homens e mulheres".

Centenário da Eparquia de Lungro

Em fevereiro de 2019 cumpre-se o primeiro século do estabelecimento da Eparquia de Lungro. Ela foi criada através da publicação da constituição apostólica ‘Catholici fideles', do Papa Bento XV.

A Eparquia de Lungro constitui-se em uma igreja ‘sui iuris' das circunscrições eclesiásticas católicas da Igreja Católica na Itália, dependente diretamente da Santa Sé.
Pertence à Igreja Católica Ítalo-Albanesa e celebra o rito bizantino.

Plena Comunhão com a Santa Sé

Deverão estar presentes em Lungro representantes de mais de 12 igrejas ‘sui iuris' da Europa e do Leste da Europa, que apesar de estarem em total comunhão com a Santa Sé diferem da Igreja Católica Latina no que toca a ritos litúrgicos, a formas de devoção popular, na administração dos sacramentos, nas regras canônicas, nas terminologias e tradições teológicas.

Na sessão de abertura na próxima quinta-feira, estará presente o prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, o cardeal Leonardo Sandri.

Deverão estar presentes também o presidente do CCEE, cardeal Angelo Bagnasco, e o representante diplomático da Santa Sé na Itália, o Núncio Dom Emil Paul Tscherrig.

Os trabalhos deste encontro serão encerrados no dia 17 de junho com uma celebração litúrgica na catedral de São Nicolau de Myra. (JSG)