7ª procissão luminosa festeja Santo Antônio, no Espírito Santo

 

Vitória - Espírito Santo (Terça-feira, 12-06-2018, Gaudium Press) As ruas de Vitória, no Espírito Santo, ficaram repletas de fiéis no último domingo, 10 de junho. Tremulando bandeiras e segurando flores e velas enquanto iluminavam a Imagem de Santo Antônio, a multidão de devotos capixabas participou fervorosamente da tradicional procissão luminosa em honra ao Padroeiro.

7ª procissão luminosa festeja Santo Antônio, no Espírito Santo.png

A sétima edição da caminhada, abençoada pelo Padre Renato Criste, reuniu o público na Praça da Catedral. Entoando vivas a Santo Antônio e Nossa Senhora da Vitória durante o percurso, os romeiros seguiram a pé até o Santuário Basílica, localizada na capital. No templo, houve a celebração de uma Santa Missa.

Os festejos também enalteceram o Ano do Laicato e a comemoração dos 60 anos da Arquidiocese de Vitória.

De acordo com o Padre Roberto Camilato, a procissão luminosa, que já virou uma tradição dentro das festividades do Padroeiro, acontece devido ao fato da fé ser iluminadora e representar a luz que somos. "Jesus nos fala: ‘vós sois o sal da terra. Vós sois a luz do mundo (Mt 5)'. Por isso levamos as velas acesas", afirmou.

O sacerdote ainda explicou o porquê de Santo Antônio ser o Padroeiro da cidade de Vitória:

"Dom José Joaquim Gonçalves, em 1056, pediu ao Papa Pio XII que proclamasse Nossa Senhora da Vitória e Santo Antônio Padroeiros da cidade de Vitória. O pedido se deveu ao fato dos índios, que inicialmente chamavam Vitória de Ilha do Mel, terem a chamado de Ilha de Santo Antônio e mais tarde de Vila Nova de Nossa Senhora da Vitória. Ele intuiu que pudesse pedir isto ao papa e foi atendido", contou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações da Arquidiocese de Vitória