Igreja no México define idade mínima para receber Primeira Comunhão e Confirmação

 

México - Cidade do México (Quinta-feira, 09-08-2018, Gaudium Press) A Igreja Católica no México divulgou através de um decreto emitido pelo Arcebispo Primaz do México, Cardeal Carlos Aguiar Retes, as novas idades mínimas e requisitos para receber os sacramentos da Primeira Comunhão e da Confirmação.

Igreja no México define idade mínima para receber Primeira Comunhão e Confirmação.jpg

Segundo o documento, a nova idade mínima para receber o sacramento da comunhão pela primeira vez será nove anos completos. No caso do sacramento da confirmação, a idade mínima será de 12 anos. Para ambos sacramentos se exige uma catequese adequada com duração de dois anos para a Primeira Comunhão, e três anos para a Confirmação.

Apresentado aos sacerdotes da Arquidiocese no dia 04 de agosto, festa de São João Maria Vianney, o decreto será aplicado a partir do ciclo escolar 2018-2019.

O Arcebispo Primaz do México insistiu aos sacerdotes que devem formar na consciência dos pequenos que "a Igreja está muito preocupada com as crianças, sobretudo neste ambiente cultural secularizado -onde a escola pública em vez de fazer algo em favor da espiritualidade cristã, muitas vezes lhes coloca adversidade- as crianças católicas não tem como se defender e fazer valer aquilo no qual acreditam".

De acordo com o Cardeal Aguiar Retes os novos requisitos não são uma exigência para receber o sacramento, na realidade, receber o sacramento é uma consequência de que a criança está se formando em sua Fé. "Quando chega aos nove anos, lhe é dada a Primeira Comunhão. E se segue formando-se na Fé, quando chegar aos 12 anos, lhe administramos o sacramento da Confirmação", concluiu. (EPC)