"Os mártires semeiam cristãos para o futuro", diz Papa em carta a franciscanos na Síria

 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 28-11-2018, Gaudium Press) Os frades Franciscanos da Síria enviaram ao Papa Francisco uma carta na qual compartilham seu testemunho de vida naquela terra martirizada.

Os mártires semeiam cristãos para o futuro, diz Papa aos franciscanos na Síria.jpg

Nesta quarta-feira, 28/11, o Papa respondeu aos religiosos enviando-lhes uma carta. Nela, Francisco afirma sua proximidade com os frades e com as comunidades cristãs na Síria.

...Jesus que sofre

O Papa fala, em sua carta aos frades, a propósito das comunidades Sírias: "tão provadas pela dor vivida na fé em Jesus Cristo. Quanto sofrimento! Quanta pobreza! Quanta dor de Jesus que sofre, pobre e expulso de sua Pátria.

É Jesus! Isso é um mistério. É o nosso mistério cristão.
Em vocês e nos habitantes da Síria amada vemos Jesus que sofre".

Nada marca mais que este Testemunho...

O Pontífice dá continuidade a sua resposta afirmando que "nada além do martírio pode marcar a maneira própria do cristão de participar da história da salvação da humanidade".

Para Francisco, "os mártires levam adiante o Reino de Deus, semeiam cristãos para o futuro, são a verdadeira glória da Igreja e nossa esperança. "

Testemunho-Alerta

"Esse testemunho é um alerta a não se perder, mesmo no meio da tempestade, diz o Papa.

"Não poucas vezes, -assevera Francisco-, o mar da vida nos reserva a tempestade, mas das ondas existenciais nos chega um sinal inesperado de salvação: Maria, a Mãe do Senhor, atônita, em silêncio, olha o Filho inocente crucificado que enche de sentido a vida e a salvação do povo", frisa ainda o Papa em sua carta.

Nada nos separa do amor de Cristo

O Papa assegura aos frades franciscanos na Síria sua "constante recordação na Comunhão Eucarística a fim de que a dor inexprimível seja transfigurada na esperança divina que o Apóstolo Paulo confirma na sua Carta aos Romanos: 'Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a perseguição, a fome, a nudez, o perigo, a espada? Como está escrito: Por tua causa somos postos à morte o dia todo, somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro. Mas, em todas essas coisas somos mais do que vencedores por meio daquele que nos amou'.

Perseverança

Ao abençoar todos os frades e as famílias cristãs confiadas à sua custódia corajosa, Francisco faz o último pedido a Nossa Senhora:
que Ela proteja os frades franciscanos na Síria sob o seu Manto de Graça e que interceda por eles o dom da perseverança. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)