Concerto de Natal no Vaticano favorecerá Iraque e Uganda

 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 29-11-2018, Gaudium Press) Em uma entrevista coletiva de imprensa foi anunciado no Vaticano que no próximo dia 15 de dezembro a Congregação para a Educação Católica promove, na Sala Paulo VI, o 26° Concerto de Natal.

Concerto de Natal no Vaticano favorecerá Iraque e Uganda.jpg

O evento faz parte de uma iniciativa das Scholas Occurentes e Missão Dom Bosco. Os fundos angariados deverão reverter-se em favor de dois países: Iraque e Uganda.

"Façamos uma rede com a educação"

"Façamos uma rede com a educação" é o slogan do evento que, depois dos projetos dedicados ao cyberbullismo, no ano passado, quer promover o desenvolvimento de realidades que estão crescendo, em Irbil, no Iraque, e Palabek, em Uganda.

A propósito desta iniciativa, disse Dom Angelo Vincenzo Zani, secretário da Congregação para a Educação Católica: será "uma pequena gota de solução para grandes problemas".

Os fundos arrecadados no 26° Concerto de Natal, no Vaticano, serão destinados aos dois países.

Quem participa

Participam desta 26ª edição dos "Concertos de Natal" os cantores Dee Dee Bridgewater, Anastacia, Raphael Gualazzi, Edoardo Bennato, Alessandra Amoroso, Elisa, Ermal Meta, e os bailarinos argentinos Miguel Angel Zotto e Daiana Guspero.

A Orquestra Universal Sinfônica Italiana que participará do evento será dirigida pelos maestros Renato Serio e Stefano Zavattoni.

O coral gospel estadunidense que participará do Concerto será o New Direction Tennessee State Gospel Choir.

O conjunto vocal que fará o acompanhamento dos solistas será a "Art Voice Academy", e também as vozes brancas do "Pequeno Coral ‘Le Dolci Note'", dirigido pelo maestro Alessandro Bellomaria.

A ajuda dos promotores

A Scholas Occurentes está ajudando as crianças iraquianas, criando redes entre as entidades educacionais e promovendo a troca de experiências entre escolas e universidades italianas.

Os missionários salesianos se dedicam às 40 mil pessoas que fugiram da guerra no Sudão do Sul, ensinando algumas profissões aos jovens que vivem no campo de Palabek E que,com suas mães, fugiram  do conflito.

O Concerto de Natal será transmitido ao mundo inteiro no dia 24 de dezembro pela televisão. (JSG)